Projeto Do Campo a Mesa leva alunos às fazendas da região

Projeto Do Campo a Mesa leva alunos às fazendas da região

Os alunos do curso de Engenharia Ambiental e Gastronomia realizaram uma visita técnica, juntamente com os estudantes da FAAGROH para fazendas da região, como pontapé inicial para o projeto “Do Campo a Mesa”, organizado pelos docentes da UniFAJ, Claudia Vaamonde, Adriano Emídio Ferreira e Gustavo Miranda da Silva. As visitas aconteceram no dia 26 de agosto, com o objetivo de conhecer os produtores e as técnicas usadas nas empresas rurais Calusne Farms e Monte Cogumelos, em Valinhos.

Segundo comenta a professora Claudia Vaamonde, a visita serviu para dar um start-up no conhecimento dos alunos e mostrar que por meio de técnicas de manejo sustentável, da integração de tecnologias e de princípios socioeconômicos e ambientais é possível melhorar a produtividade e a qualidade de produtos e serviços agropecuários. Além de entender a necessidade da Sustentabilidade Agrícola e incentivar o desenvolvimento do projeto.

O docente Gustavo Miranda, do curso de Gastronomia conta como essa experiência foi importante para entender a excelência dos alimentos, conhecendo os processos que vão do campo até a mesa do consumidor. “Buscando princípios práticos e evidenciando a qualidade dos alimentos, atingindo assim a qualidade dos pratos preparados pelos futuros gastrônomos”.

Já para a professora e coordenadora do curso de Engenharia Ambiental, Claudia Vaamonde, essa oportunidade ofereceu aos alunos a possibilidade de conhecerem a rotina do manejo de propriedades rurais, compreendendo também culturas agrícolas e tecnológicas. “Eles observaram as dificuldades pelas quais os produtores passam nos processos de produção, armazenamento, comercialização dos produtos e administração do negócio”, ela conta.

SOBRE AS FAZENDAS

A docente conta que a Calusne Farms nasceu de uma família de imigrantes italianos que se estabeleceram na região como produtores rurais. De produtores e exportadores de figos passaram a introduzir novos produtos que atendessem a culinária local. Por influência de amigos que possuíam restaurantes, começaram a produzir aspargos verdes e o verdadeiro manjericão italiano. Atualmente ela produz uma extensa variedade de produtos como: folhas, brotos, ervas-finas, flores comestíveis, raízes, pimentas, entre outros.

Já a Monte Cogumelos é uma empresa especializada no cultivo e comercialização de cogumelos frescos na linha de gastronomia. Dentre os produtos, a empresa produz cerca de 10 tipos de cogumelos e atua como distribuidora de trufas e produtos trufados.

MAIS CONHECIMENTO

Para dar um embasamento mais profundo aos alunos, no dia 1 de setembro, a professora Claudia Vaamonde realizou uma palestra aos alunos do curso de Gastronomia, com o objetivo de levar noções sobre o uso do meio ambiente a favor da gastronomia, mostrando aos estudantes a importância e a responsabilidade social em relação a sustentabilidade e o manejo com os detritos relacionados aos alimentos.

A docente Claudia afirma que “a chave para fazer um bom composto orgânico é ter uma mistura balanceada de materiais que será decomposta por microorganismos”, que resulta em reduzir metade do volume total do lixo produzido na cozinha, já que o composto orgânico pode ser usado em hortas de ervas aromáticas, brotos, hortaliças, entre outros.

Ao final da aula, os estudantes também aprenderam as técnicas e cultivo de mudas de alface crespa e sementes de morango.

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful