Projeto de alunos do Grupo UniEduK sobre a atuação do Biomédico Imunologista vira série de publicações em rede social

Projeto de alunos do Grupo UniEduK sobre a atuação do Biomédico Imunologista vira série de publicações em rede social

Trabalhos foram considerados tão bem-sucedidos que ultrapassaram os limites da instituição de ensino e estão sendo divulgados no Instagram do curso de Biomedicina

 

Orientados pela professora Maria de Fátima Fernandes Fujii, gestora acadêmica do curso de Biomedicina do Grupo UniEduK (UniMAX e UniFAJ), os estudantes do 2º semestre da UniMAX desenvolveram projetos sobre a atuação do profissional Biomédico Imunologista. A qualidade dos trabalhos apresentados foi considerada excelente e se tornaram uma série de publicações no Instagram da graduação.

Desenvolvido na disciplina de “Integração, Ensino, Serviço e Comunidade II”, os alunos fizeram uma reflexão sobre os problemas atuais de saúde da sociedade e após pesquisa sobre as áreas de atuação do profissional Biomédico elaboraram um projeto que auxiliasse a comunidade, a integração e o conhecimento sobre o curso de Biomedicina.

Além da atuação do biomédico, os trabalhos trazem sua importância na promoção de saúde e bem-estar da população. Os projetos também proporcionaram aos alunos o conhecimento por meio de pesquisas e o fortalecimento do reconhecimento dos avanços científicos na área.

 “Temos em vista a conscientização da comunidade em geral, abrangendo as competências da habilitação de imunologia de forma acessível”, acrescenta a estudante Elizena Belizário Teixeira que integra o grupo junto de Juliane Diniz Marinho da Silva, Luana Santos Alcântara e Luciana da Silva Guimarães.

No Instagram do curso, já foram postados alguns dos trabalhos realizados pelos alunos: Cosmético tóxico: um inimigo oculto; Você tem certeza que sua saúde está em dia? e; Você conhece a Síndrome do Choque Térmico?.

Outro projeto já publicado é o “Jovens 52 hz” realizado pelo grupo formado por Letícia Moraes, Giovanna Pasqualino, Hannah Belo, Mariana Vilas Boas e Pamela de Souza. “O projeto “Jovens 52 hz” visa oferecer apoio e auxílio a jovens, residentes da cidade de Indaiatuba-SP, com idade de 15 a 24 anos, que apresentam risco socioeconômico, por meio de campanhas de doação de insumos alimentícios, a divulgação de campanhas de vacinação, além de apresentar-lhes a possibilidade de mudança de vida por meio da retomada da vida acadêmica e profissional”, explicam.

Sobre a relevância acadêmica deste projeto, as idealizadoras destacam que: “Um projeto desenvolvido por alunos graduandos na área da saúde que envolva o contato com a comunidade, que futuramente será tratada por esse profissional, é de extrema importância. Isso se dá, pois, a realização desses projetos conscientiza e sensibiliza o profissional sobre os fatos que a comunidade ao seu redor enfrenta”.

Por fim, as estudantes falam sobre a importância deste trabalho para a sociedade. “Jovens 52 hz visa ampliar o debate sobre a existência dos jovens que enfrentam necessidades, assim como o modo que vivem, e como a sua vida é prejudicada pela falta de recursos”, salientam. “Para os jovens, é muito importante saber que tem gente que reconhece a sua dificuldade e o seu potencial e que têm quem os apoie e os ajude com o que precisam. Assim, o projeto busca manifestar um caminho alternativo para esses adolescentes, guiá-los e auxiliá-los são uma forma de o reintroduzi-los na sociedade como um indivíduo ativo, saudável e responsável”, concluem.

Acompanhe as publicações: Instagram do curso de Biomedicina da UniMAX.

 

Vestibular 2021

O Grupo UniEduK (UniFAJ, UniMAX e FAAGROH) oferece mais de 25 opções de cursos diferentes nas áreas de Saúde, Humanas, Exatas, Tecnologia e Agronegócio. São cursos de graduação presencial e a distância, além de pós-graduação e cursos técnicos.

Inscreva-se: Vestibular 2021

 

Texto: Tatiane Dias – (MTB 67029)